Dicas para um bom churrasco, especialidade da casa!

Um dos programas preferidos da maioria dos brasileiros é um bom e velho churrasco nos finais de semana. Para não errar na preparação e garantir o sucesso entre os convidados, aqui vai algumas dicas fundamentais para o preparo e deixar o churrasco ainda mais criativo.

8

Quem não gosta de churrasco, bom sujeito não é

Um dos programas preferidos da maioria dos brasileiros é um bom e velho churrasco nos finais de semana. Para não errar na preparação e garantir o sucesso entre os convidados,  aqui vai algumas dicas fundamentais para o  preparo e deixar o churrasco ainda mais criativo.

A primeira dica é preparar os cortes e temperos das carnes que precisam de um preparo especial como a carne de cordeiro ou costela. É importante deixar essas carnes marinando no tempero de um dia para o outro, isso deixa a carne mais tenra e com o tempero mais acentuado.

Separar os tipos de carne na hora de assar, como lingüiça e frango, para que o sabor e tempero de uma não afetem o paladar das outras. É importante checar também outro “personagem” do churrasco, o carvão. É bom lembrar que não é aconselhável a sua reutilização. A dica é sempre assar as carnes no em brasa e não com fogo muito alto, pois assim não se corre o risco de sapecá-las ou queimá-las.

Cuidado com as carnes congeladas! É sempre bom descongelar com antecedência e não colocar na água quente, muito menos no forno de micro-ondas, pois retira totalmente o sabor da carne. Uma boa sugestão para temperar o frango é deixá-lo marinando de um dia para outro numa mistura com shoyo e leite de coco. Dessa maneira, a carne fica macia e com um sabor diferente.

Outra dica de marinada para carnes vermelhas é deixá-las no vinho tinto com ingredientes frescos como ervas, pois assim elas ficam macias e dão um toque todo especial. Mas não se deve colocar todas as carnes nesse tempero, senão, todo o churrasco ficará com o mesmo sabor. Um diferencial é fazer costela no bafo. Basta temperar somente com sal e enrolar a costela numa folha de papel celofane e levar direto para a grelha.

O churrasco apresenta inúmeras possibilidades e combinações que, muitas vezes, são esquecidas pelas churrascarias. Preparar legumes (batata, berinjela, abobrinha) assados na brasa e temperados com azeite, sal e pimenta do reino branca é uma dica simples e deliciosa que por vezes é deixada de lado.

Alguns itens são importantíssimos para um churrasco de sucesso, como os acompanhamentos: farofas, molhos para acompanhar as carnes, saladas diversas e leves ajudam na digestão. Frutas como abacaxi e banana grelhados na própria churrasqueira com açúcar e canela podem ser servidos como sobremesas ou usados como alternativa para os vegetarianos.

Um segredo para os apaixonados por carnes mal passadas: assim que ela começar a sangrar por por cima, virá-la e deixar assar por alguns minutos. Quando a carne estiver semi-assada é hora de apreciar. Isso faz com que os sucos da carne sejam preservados e não deixa passar do ponto. Para os cortes de carne grandes é sempre bom fatiar e servir logo em seguida para que não queime muito e fique crua no meio.

Essas foram algumas dicas para manter seu churrasco sempre com  a melhor qualidade, ou se você tiver dificuldades, o melhor a fazer é dar uma passada no Estação Anchieta.

A carne aqui sempre estará na melhor qualidade.

#VemProEstação

Compartilhe esse conteúdo

voltar